fbpx

62% dos russos não querem ser vacinados com a Sputnik V, diz pesquisa

Brasil, Rússia, agencia reguladora, imunizante, vacina, coronavírus, covid-19


O instituto independente Levada Center divulgou na última segunda-feira (1) que mais da metade dos russos não querem ser vacinados contra o vírus chinês com a Sputnik V, vacina oriunda de seu país.

A pesquisa realizada durante o mês de fevereiro na Rússia apontou que 62% dos entrevistados rejeitam a imunização com a vacina russa.

Os entrevistados alegam que não desejam tomar o suposto imunizante, porque estão preocupados com os seus possíveis efeitos colaterais, além da desconfiança em relação aos testes que envolvem a vacina.

Ainda na pesquisa, um total de 64% dos entrevistados disseram acreditar que o vírus chinês foi criado artificialmente para ser usado como uma “arma biológica”.

Foram ouvidas 1.601 pessoas em 50 regiões do país.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: