fbpx

‘A pandemia é a prova de que saúde e economia são inseparáveis’, defende OMS

Tedros Adhanom OMS


O presidente Jair Bolsonaro disse no domingo (23), em rede social, que o momento é de abrir o comércio com responsabilidade, voltar à normalidade e resgatar os empregos. Ele citou um vídeo de declaração da OMS (Organização Mundial da Saúde) para lembrar que sempre defendeu o combate à pandemia junto com a economia.

Bolsonaro lembrou que a OMS disse na sexta-feira (21) que “a pandemia é a prova de que saúde e economia são inseparáveis”.

“Desde março alertei que tínhamos dois graves problemas, o vírus e o desemprego, e que ambos deveriam ser tratados simultaneamente”, escreveu o presidente.

No vídeo, o presidente mostra seu pronunciamento realizado em março. “Cinco meses depois do meu pronunciamento, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirma que saúde e economia são inseparáveis”, afirmou Bolsonaro.

“Ao longo desses cinco meses, algumas autoridades destruíram os empregos. O governo federal fez sua parte. Criou meios para que pequenas e médias empresas conseguissem manter seus empregados. Assim como criou o auxílio emergencial de R$ 600 que durou por cinco meses. Esse valor pode não ser muito para quem o recebe, mas é muito para o Brasil que gasta por mês R$ 50 bilhões”, disse o presidente.

O empresário bilionário brasileiro, Flávio Augusto, comentou em sua conta no Twitter o pronunciamento da OMS. Ele lembra que “o Diretor Geral da OMS, Tedros Adhanom, declarou que a saúde e economia são inseparáveis” e questiona se “vai dizer que ele [Adhanom] é genocida”, como fizeram com Bolsonaro. Interroga, também, se “vai dizer que a economia a gente vê depois?”

Ainda, completou o empresário, na segunda-feira (24): “O sonho de toda população oprimida por um Estado autoritário é ter jornalistas corajosos que façam perguntas inconvenientes aos poderosos. O mais importante não é se o jornalista é isento ou se tem uma posição. O mais importante é que o jornalista fiscalize. Isso é fundamental!”

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...