fbpx

A raiz da crise brasileira



 

O movimento popular descentralizado, cujo ponto alto foi a eleição do então deputado federal Jair Bolsonaro, em 2018, para presidente da República, consagrou uma agenda de mudanças, que impactaria o sistema vigente ao longo de décadas, nos campos da economia, da política, do Estado e dos costumes.

A bandeira das reformas não estava apenas circunscrita às mudanças estruturais e materiais da máquina pública brasileira, mas tais medidas fundamentalmente concentraram-se em reformar práticas de gestão de recursos financeiros e da relação entre os Poderes da República, que, por comportamento específico de um presidente, retornaram ao regiamente estabelecido na Constituição Federal.

A raiz da crise brasileira advém de um conjunto de avanços sinérgicos ilegais de agentes do Estado na vã tentativa de inibir grau de liberdade não tutelável em qualquer regramento normativo do país.

Nesse sentido, o Senado da República deve cumprir papel indelegável, por ser privativo do Senado Federal, conforme determinação expressa no inciso segundo do artigo 52 da Constituição Federal, processar e julgar ministros do Supremo Tribunal Federal por crimes de responsabilidade.

O Senado Federal examinar pedidos de impeachment de ministros do STF não configura violação constitucional e, muito menos, manifestações públicas, do Poder Originário, na direção dessa necessidade, podem ser tratadas como atos antidemocráticos.

Todos os Poderes estão sob a luz e os efeitos das prescrições constitucionais.

A democracia não é posse precária de membros de qualquer instituição dos Poderes da República, antes, é meio basilar de progresso da civilização e do bem-estar das famílias brasileiras.

Que Deus em sua infinita misericórdia lance seu olhar para a Nação brasileira.

Sobre o Colunista

Carlos Dias

Analista político. Especialista em Política e Estratégia pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra. Escritor, Jornalista e Filósofo independente. Membro Honorário da Academia Brasileira de Filosofia. Membro do Centro Brasileiro de Estudos Estratégicos - CEBRES.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: