fbpx

Administração de Biden expulsa 10 diplomatas russos e impõe novas sanções



O governo do presidente democrata dos Estados Unidos, Joe Biden, através de um comunicado da Casa Branca divulgado nesta quinta-feira (15), anunciou que irá aplicar novas sanções à Rússia. A Casa Branca disse ainda que expulsará 10 diplomatas do país comunista, devido a ataques cibernéticos possivelmente realizados por Moscou contra os EUA.

“O presidente Biden assinou uma nova ordem executiva de sanções para demonstrar a determinação do governo em responder e impedir todo o escopo das atividades estrangeiras nocivas da Rússia”, informa o comunicado da Casa Branca.

Segundo o governo americano, além da Rússia “se envolver e facilitar atividades cibernéticas maliciosas contra os EUA e seus aliados”, o país comunista também teria interferido na eleição presidencial norte-americana de 2020.

A ordem executiva foi emitida para enviar uma mensagem ao Kremlin, informando que a Casa Branca “irá impor custos de forma estratégica e economicamente impactante à Rússia, se continuar ou intensificar suas ações internacionais desestabilizadoras”, incluindo “esforços para minar a conduta de eleições democráticas” e instituições nos EUA.

Um porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, condenou a nova rodada de sanções e prometeu que a Rússia responderia contra o governo de Biden.

“Condenamos qualquer perseguição de sanções, consideramos que são ilegais. Em qualquer caso, o princípio da reciprocidade nesta matéria é válido; reciprocidade de uma forma que melhor atenda aos nossos interesses”, disse Peskov, de acordo com a agência de notícias TASS.

Sobre uma possível reunião Putin-Biden, Peskov observou: “Nem é preciso dizer que as possíveis sanções em discussão não promoveriam tal reunião”.

Apesar da nova ordem, Biden acredita que deve realizar uma reunião de cúpula com o ditador russo, Vladimir Putin, para falar sobre “questões que enfrentam nosso relacionamento”, informou o assessor de segurança nacional, Jake Sullivan. As relações EUA-Rússia podem ser “estáveis ​​e previsíveis”, acrescentou.

A ordem executiva impõe sanções para seis empresas de tecnologia russas que apoiam as atividades cibernéticas do país comunista, e 32 entidades e pessoas também foram atingidas por sanções. O governo Biden acrescentou que os 10 diplomatas expulsos incluem representantes dos serviços de inteligência russos.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: