fbpx

Americanos não são obrigados a portar ‘passaportes de vacinas’, diz Casa Branca



A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, informou nesta terça-feira (6) que os americanos não serão obrigados a portar “passaportes de vacinas”. Psaki disse que esse tipo de medida não será desenvolvida ou apoiada pelo governo de Biden.

“O governo não está agora, nem vamos apoiar [futuramente] um sistema que exige que os americanos carreguem uma credencial. Não haverá banco de dados federal de vacinações e nenhum mandato federal exigindo que todos obtenham uma única credencial de vacinação”, garantiu Psaki.

“Nosso interesse é muito simples, que a privacidade e os direitos dos americanos devem ser protegidos para que esses sistemas não sejam usados ​​contra as pessoas de forma injusta”, esclareceu Psaki, falando sobre questões de privacidade relacionadas ao recebimento das vacinas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) também se pronunciou sobre a medida, dizendo que não recomenda sistemas do tipo passaporte de vacina “neste momento”, citando preocupações sobre se a vacina é realmente eficaz na redução da transmissão do vírus chinês.

“Nós, como OMS, estamos dizendo que nesta fase não gostaríamos de ver o passaporte de vacinação como um requisito para entrada ou saída, porque não temos certeza de que a vacina previne a transmissão”, declarou a porta-voz da OMS, Margaret Harris, em entrevista coletiva em Genebra.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: