fbpx

Anvisa aprova uso emergencial das vacinas Coronavac e de Oxford

vacinação, vacina, brasil, STF, Ministério da saúde


Neste domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, por unanimidade, o uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19. Em votação, os diretores acompanharam o voto de Meiruze Freitas, relatora dos pedidos.

No caso da Coronavac, vacina chinesa com 50,38% de eficácia, Meiruze Freita condicionou a aprovação à assinatura de termo de compromisso e publicação em “Diário Oficial”.

Conforme informou a Anvisa, somente o termo de compromisso assinado pelo Instituto Butantan precisa ser publicado no “Diário Oficial da União”, o que pode acontecer ainda neste domingo (17) em edição extra.

“A imunidade com a vacinação leva algum tempo para se estabelecer. Portanto, mesmo vacinado, use máscara, mantenha o distanciamento social e higienize suas mãos”, disse o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres.

“Essas vacinas estão certificadas pela Anvisa, foram analisadas por nós brasileiros por um tempo, o melhor e menor tempo possível. Confie na Anvisa, confie nas vacinas que a Anvisa certificar e quando ela estiver ao seu alcance vá e se vacine”, finalizou Torres.

O presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, e da Câmara, Rodrigo Maia, comemoraram em suas redes sociais a aprovação das vacinas do Partido Comunista da China e a da Inglaterra.

“Seja de onde for, venha de onde vier, a vacina é essencial para que possamos retomar as rédeas de nossas vidas. Vem, vacina! Guiada pela ciência, a @Anvisa acaba de autorizar o uso emergencial da #CoronaVac e da #Oxford“, disse Alcolumbre.

“A data de hoje entra pra história. Venceu a ciência, finalmente teremos as primeiras vacinas disponíveis à população brasileira e milhares de vidas serão salvas. A Anvisa cumpriu seu papel de agência do Estado”, disse Maia.

Por fim, o presidente da Câmara dos Deputados parabenizou o governador do Estado de São Paulo, João Doria, por facilitar o ingresso da vacina do Partido Comunista da China no Brasil.

“Gostaria de parabenizar todos os profissionais de saúde envolvidos e ainda o empenho do governador @jdoriajr. E que venham outras vacinas”, apontou Maia.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: