fbpx

Ao lado de Doria, Maia diz que será inevitável discutir um pedido de impeachment de Bolsonaro



O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (15), ao lado do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que discutir o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “no futuro” será inevitável.

Segundo o portal de notícias Uol, a declaração foi dada durante uma coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

No vídeo oficial do governo de São Paulo, porém, não é possível encontrar o trecho da fala do deputado.

“Eu acho que esse tema de forma inevitável será discutido pela Casa no futuro. Temos de focar no principal, que agora é salvar o maior número de vidas, mesmo sabendo que há uma desorganização e uma falta de comando por parte do Ministério da Saúde”, disse Maia.

Ele ainda defendeu que a prioridade agora é de retomar os trabalhos da Câmara e do Senado.

Conforme o Terça Livre noticiou, Maia enviou nesta sexta-feira, um pedido de convocação de emergencial de uma Comissão Representativa a Davi Alcolumbre, presidente do Congresso Nacional. Segundo o deputado, a comissão servirá para discutir ações relativas ao colapso da saúde registrado em Manaus-AM e a vacinação no Brasil.

“Nós estamos em recesso, desde março vivemos uma pandemia, da qual a nossa decisão não foi avaliar ou deixar de avaliar impeachment, mas, sim, compreender que a pandemia é a prioridade de todos nós”, disse.

Com informações: Portal Uol.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: