fbpx

Após pressão Maranhão suspende decreto que proibia eventos



Após divulgar um decreto que restringia eventos com até 150 pessoas em todo estado, o secretário da saúde do Maranhão, Carlos Eduardo Lula, divulgou no início da noite desta segunda-feira (25) que a proibição foi suspensa depois de manifestações do setor de eventos.

“Diante das manifestações do segmento de eventos, resolvemos, por ora, não adotar a medida de suspensão de pequenos eventos que se iniciaria amanhã, 26/01/21”, disse Lula em uma publicação em seu perfil no Twitter.

“Dialogaremos com os envolvidos e o Ministério Público ao longo da semana para deliberar sobre o assunto”, completou.

O Terça Livre noticiou que o secretário anunciou na manhã de hoje, durante coletiva de imprensa, que o Maranhão estaria suspendendo a portaria 55, efeito que proibia as celebrações de casamentos, aniversários, batizados ou qualquer outro evento que “promova aglomeração”, sejam em ambientes públicos ou privados, nos próximos 14 dias.

Apesar do cancelamento do decreto sobre eventos, Lula ainda não mencionou se as cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais continuariam suspensas também.

O Governo do Maranhão argumenta que as medidas estão sendo tomadas como forma de contenção da disseminação do coronavírus.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: