fbpx

‘Aposta mais segura’ é renunciar às festas de Natal e ano-novo, diz OMS



Nessa segunda-feira (24/11), durante uma reunião virtual em Genebra, a Organização Mundial da Saúde (OMS) garantiu que a “aposta mais segura” é renunciar às festas de Natal e ano-novo.

Segundo a OMS, as famílias não deveriam se reunir nessas datas, para impedir uma suposta disseminação do coronavírus. A Organização comentou ainda sobre a vinda de uma aparente segunda onda.

A líder técnica da OMS, Maria Van Kerkhove, para a covid-19 disse que “em algumas situações, a difícil decisão de não ter uma reunião familiar é a aposta mais segura”.

Além disso, a cientista-chefe da organização Soumya Swaminathan afirmou que as notícias sobre os resultados da vacina para covid-19 da Universidade de Oxford e do laboratório britânico AstraZeneca são “encorajadoras e esperamos ver os dados, como fazemos com outros resultados promissores das últimas semanas”.

A vacina de Oxford AstraZeneca informou nesta segunda-feira que sua vacina para covid-19 pode ser cerca de 90% eficaz.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • É impressionante o atentado que fazem contra o cristianismo com essa narrativa de pandemia.
    Se não fosse correr riscos, a humanidade ainda estaria caçando animais e coletando nas florestas.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: