fbpx

Assessor de Gil Diniz, Felipe Carmona Cantera, é nomeado na Cultura



O advogado Felipe Carmona Cantera foi nomeado nesta segunda-feira (17) como diretor do Departamento de Política Regulatória da Secretaria Nacional de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual, órgão da Secretaria Especial de Cultura.

Oficial do exército, Cantera atuou como assistente especial parlamentar do deputado estadual Gil Diniz (PSL – SP). Sua posse na Secretaria está marcada para próxima quinta-feira (20).

Ao Terça Livre, ele contou dos valores conservadores e afirmou que a nomeação para o cargo foi uma conquista.

“Em 2014, recebi um convite do Bruno Jesus (que hoje é assessor do Gil Diniz junto comigo) para conhecer o Eduardo Bolsonaro, candidato a deputado federal em São Paulo. Na oportunidade, conheci o Gil Diniz também, e ficamos amigos”, relatou.

“Sempre lutei por pautas conservadoras, até que o Gil Diniz ganhou a eleição e me convidou para ser seu assessor. Assumi o cargo de assistente especial parlamentar, cargo totalmente técnico”, acrescentou.

Felipe Carmona mudou-se de Analandia para São Paulo. “Me dediquei de domingo a domingo, madrugadas, fazendo chuva ou sol, eu não deixava de trabalhar em prol do mandato”.

Em janeiro, ele conheceu o secretário de Cultura, Mário Frias, através de um colega de Helio Ferraz, que é diretor de Cultura e amigo de faculdade de Cantera.

“Me encontrava semanalmente com Mário e falávamos muito ao telefone. Ele é um admirador do deputado Gil Diniz. Até que recebi o convite há alguns dias atrás. Conversei com o Gil, ele entendeu que estaríamos na mesma guerra, apenas em trincheiras diferentes, mas a mesma pauta: Brasil acima de tudo. Ele me encorajou a aceitar e agora veio a missão. Como um bom militar, missão não se escolhe, se cumpre. Tenho experiência no direito suficiente para desempenhar as atividades”, finalizou.

Retaliação

Carmona ainda nem foi empossado e já tem seu nome retaliado na extrema-imprensa, que o acusa de ser investigado e suspeito de produção de conteúdos apócrifos. “Nunca fui investigado de nada, nem denunciado, nem nada do tipo”, afirmou.

Gil Diniz e Douglas Garcia, deputados conservadores da Alesp, são perseguidos por uma CPI em curso na Câmara, que investiga se seus gabinetes criariam e propagariam, com o trabalho de funcionários, “fake news” contra adversários.

Currículo

Antes de atuar como assistente parlamentar, Felipe Carmona Cantera atuou como advogado e foi também professor assistente de Direito Constitucional na Rede de Ensino LFG, que prepara candidatos para concursos.

Ele estudou Direito no Centro Universitário FMU e especialização em licitações e contratos administrativos na Fundação Getulio Vargas.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Esposa, jornalista, tupãense e católica. 23 anos.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: