fbpx

Autoritarismo cresce: Governador do MT anuncia toque de recolher e multa para os cidadãos



O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), publicou ontem (1º) um novo decreto sobre as novas medidas restritivas que valerão a partir desta quarta-feira (03) em todo o estado.

“As medidas são impositivas para todo o estado e valem por 15 dias. As regras podem ser prorrogadas, endurecidas ou flexibilizadas, conforme o resultado obtido”, afirmou a Secretaria de Comunicação do Estado (SECOM-MT).

Com a determinação, os estabelecimentos poderão funcionar durante a semana somente das 5 às 19h, aos sábados somente até o meio-dia.

Além disso, Mendes decretou um toque de recolher que proíbe a circulação dos cidadãos mato-grossenses das 21 as 5h.

O governador havia enviado ontem, à Assembleia Legislativa (ALMT) um projeto de lei que previa multas de R$ 500 às pessoas físicas e R$ 10 mil às empresas que “descumprirem” as medidas ditatoriais do Governo Mendes.

Os deputados estaduais de Mato grosso aprovaram o PL na terça-feira (02) em regime de urgência.

Entre as determinações estão proibidas a falta do uso de máscaras em espaços de uso coletivo; a participação ou organização de eventos com “aglomerações”; circulação durante a vigência do toque de recolher; o ato de “desrespeito ou desacato” a autoridade administrativa e o cometimento de “outras ações consideradas lesivas ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo Coronavírus.”

Além da multa, os cidadãos poderão ainda ser investigados pelos crimes de infração de medida sanitária preventiva e desobediência.

O TERÇA LIVRE ESTÁ DE VOLTA NO YOUTUBE, SE INSCREVA:

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: