fbpx

Awake Giants Br denuncia suspostos crimes do Sleeping Giants



A iniciativa Awake Giants Brasil (AGB), denunciou nesta terça-feira (16) o grupo de ativistas pró-censura e assediador de empresas, Sleeping Giants Brasil (SGB) por supostos crimes de constrangimento ilegal e extorsão.

A AGB se define como uma “União de CONSUMIDORES na luta contra a CENSURA” que trabalha pela “conscientização para o consumo saudável, questionando marcas que aceitam e apoiam a censura dos dorminhocos.”

O perfil ‘@awake_giants_br‘ no Twitter tem cerca de 76,6 mil seguidores e foi criado em novembro de 2020.

Denúncias:

O “SLEEPING GIANTS comete crimes de CONSTRANGIMENTO ILEGAL e EXTORSÃO”, publicou o Awake Giants Brasil em seu perfil no Twitter.

“O crime de constrangimento ilegal consiste, nos termos do art. 146 do Código Penal Brasileiro, na conduta pela qual o indivíduo visa constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro meio, a capacidade de resistência, a não fazer o que a lei permite, ou a fazer o que ela não manda.”

“Assim, temos que o agente imbuído de dolo direto tem a intenção de obrigar alguém a fazer ou deixar de fazer algo contra a sua vontade, cuja forma de execução será mediante violência ou grave ameaça. Afronta-se, portanto, o art. 5º, II do CF/88: “ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, senão em virtude de lei.”

Eles exemplificaram a ação de Mayara Stelle e Leonardo de Carvalho Leal – que se dizem os ‘administradores’ do Sleeping Giants – citando notificações do casal ao YouTube, onde afirmam que o Terça Livre propaga Fake News e Discurso de Ódio.

“Isso é CONSTRANGIMENTO ILEGAL contra prestadores de serviço do Terça Livre”, disse o AGB ao publicar alguns prints dos tuítes do SG Brasil.

Continuando sua denúncia, em uma série de tuítes, o Awake Giants ainda lembrou do assédio que diversas empresas sofreram por simplesmente ter seus anúncios no YouTube ligados ao canal TL TV, o que acontece pela distribuição orgânica pelo próprio Google.

“Se o constrangimento ilegal tem por finalidade exclusivamente uma vantagem econômica, estaremos diante do crime de extorsão, previsto no Art. 158, do Código Penal”, disseram.

“A finalidade da “galerinha” @slpng_giants_pt é DAR PREJUÍZOS A TERCEIROS, com falsas acusações”, afirmou o AGB.

Conforme o Terça Livre noticiou, o grupo Sleeping Giants usa da estratégia de perseguição para CANCELAR aquelas pessoas ou empresas que não pensam como eles gostariam.

Foi este o caso do Terça Livre TV, o maior portal conservador da América Latina, que desde dezembro vem sendo boicotado por ações que vem na esteira do assédio de Mayara e Leonardo.

Nos últimos meses o jornal perdeu seus dois canais no YouTube, teve seus contratos com empresas prestadoras de serviços financeiros cancelados, entre outros.

Nesta segunda-feira (15) o grupo publicou em seu perfil no Twitter que o banimento do TL TV era um bom começo, mas que teriam outros alvos a serem atingidos.

“Como Terça Livre, YouTube encerrou 7,8 milhões de canais em 2020”, disseram.

“O banimento do TL é um bom começo, mas ainda tem grandes canais odiosos no YouTube Brasil”, concluíram.

Assine já o Terça Livre Juntos: tercalivrejuntos.com.br.

Assista os nossos Boletins no Facebook e no Instagram.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: