fbpx

Barroso é criticado no Rio por declarações sobre voto impresso

Carlos Moura/SCO/STF


 

O ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Roberto Barroso, foi alvo de críticas ao sair de um restaurante no Leblon, no Rio de Janeiro, nessa segunda-feira (28).

Acompanhado de sua filha, a advogada Luna Barroso, o ministro foi criticado por uma mulher a respeito do posicionamento do magistrado sobre o voto impresso.

O relato foi feito pela própria filha do ministro por meio de uma mensagem de WhatsApp divulgada pelo jornal O Globo.

“Estamos de olho em você, hein ministro. Voto impresso! Nunca mais vai almoçar no Rio de Janeiro se não tiver voto impresso”, disse a mulher.

Ao O Globo, Barroso disse que “uma senhora se manifestou a favor do voto impresso com algum grau de exaltação”, mas que não foi “nada demais”.

“Estava longe e nem ouvi direito. Democracia é assim, todo mundo tem o direito de se manifestar. Uns com mais educação, outros com menos”, afirmou o ministro.

Barroso tem articulado com políticos do Centro e da oposição contra o voto impresso.

O jornalista Max Cardoso comentou o fato no Boletim da Manhã desta terça-feira (29), afirmando que é um caso de “contato com o mundo real”.

“Não adianta você querer fazer articulações ou fingir que não está acontecendo nada, você não vai sumir com as pessoas. Mesmo que façam uma articulação e não se consiga colocar o voto impresso – e essa é a pior das hipóteses, todo o povo que é a favor do voto impresso não vai sumir”, disse.

Assista aos comentários completos da notícia:

 

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: