fbpx

Barroso suspende afastamento de senador que escondeu dinheiro na cueca

Barroso 4


Na tarde dessa terça-feira (20/10), o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a própria decisão que determinou o afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM-RR) de seu mandato por 90 dias. A decisão ocorreu após o parlamentar ter pedido licença não remunerada de 121 dias de seu cargo.

Conforme informou o site Brasil Sem Medo, na manhã desta terça, a assessoria do senador divulgou uma nota na qual afirma que o pedido de afastamento por 121 dias é “irrevogável, irretratável e sem recebimento de salários no período”.

“Já agora recebo o comunicado formal de que o investigado requereu licença do cargo de Senador da República pelo prazo de 121 dias, e que tal pedido foi deferido pelo presidente da Casa Legislativa, Davi Alcolumbre”, diz a decisão do ministro Barroso.

“Diante do exposto, suspendo os efeitos da decisão de afastamento temporário do investigado do cargo de senador. A cautela subsiste no que diz respeito à proibição de contato – pessoal, telefônico, telemático ou de qualquer outra natureza – com os demais investigados e testemunhas no inquérito 4852”, acrescenta o ministro.

Durante operação de busca e apreensão em sua casa, a PF flagrou o senador com cerca de 33 mil reais escondidos na cueca. A defesa do senador diz que o dinheiro tem origem lícita.

A operação Desvid-19 apura desvio de recursos destinados a Roraima para o combate ao coronavírus.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: