fbpx

Biden critica Xi Jinping, mas não o PCCh, em uma suposta defesa da democracia



O democrata Joe Biden realizou nesta quinta-feira (25) sua primeira coletiva de imprensa “formal” como presidente dos Estados Unidos, na Casa Branca.

Entre os assuntos abordados por ele, estiveram a meta de vacinação de 200 milhões de norte-americanos; a imigração, a retirada de tropa de alguns países e a relação dos EUA com a Coreia do Norte e a China.

Biden afirmou que em negociações recentes com o ditador do Partido Comunista da China, Xi Jinping, deixou claro que os Estados Unidos não querem confronto, porém pediu para que o governo chinês siga as regras internacionais de comércio justo e leal.

“Não estamos procurando confronto, embora saibamos que haverá uma competição acirrada,” disse Biden. “Vamos insistir que a China siga as regras internacionais – concorrência leal, práticas justas, comércio justo.”

O democrata ainda declarou que, conhecendo Xi Jinping, está convencido de que o líder chinês não acredita na democracia para o futuro.

“Ele é um dos caras, como Putin, que pensa que a autocracia é a onda do futuro, (e) a democracia não pode funcionar em um mundo cada vez mais complexo”, disse Biden durante a coletiva.

Xi Jinping “não tem um osso democrático (…) no corpo, mas é um cara esperto, muito esperto”, continuou.

Joe Biden disse ter uma visão diferente do futuro, que irá exigir grandes investimentos em trabalhadores e ciência no país, para que possam competir com a China, conforme noticiou a Agência Reuters.

Outro ponto tratado sobre a China foi em relação aos abusos contra os territórios de Taiwan e Hong Kong, contra a minoria Uigures, além das disputas pelo Mar da China Meridional.

O presidente afirmou que conversou com Xi por duas horas depois que assumiu o cargo e que alertou o ditador sobre as violações.

“Enquanto você e seu país continuarem a violar os direitos humanos de forma tão flagrante, vamos continuar de forma implacável para chamar a atenção do mundo, e deixe claro, o que está acontecendo. E ele entendeu isso”, afirmou Biden.

Além disso, segundo o Washington Post, Joe Biden disse ainda que pretende já trabalhar pela reeleição em 2024.

Com informações: Agência Reuters.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: