fbpx
Sérgio Moro senado

Bolsonaro afirma que vai pedir e divulgar mensagens vazadas da Lava Jato



O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira (12) que vai solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF) acesso às mensagens vazadas da Lava Jato. Caso receba o acesso, ele disse que divulgará as mensagens.

As mensagens adquiridas durante a Operação Spoofing contém diálogos que teriam sido hackeados do celular de integrantes da Lava Jato e do ex-ministro Sergio Moro.

As conversas são atribuídas a procuradores da Operação Lava Jato, como Deltan Dallagnol, e a Moro, mesmo não confirmando a autenticidade do material.

O presidente também garantiu que, se tiver acesso ao material, vai divulgá-lo, ao contrário do ex-presidente Lula, que recebeu do STF, no último dia 9, todo o conteúdo.

Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada, comentou que “alguma coisa” já passaram para ele: “Vocês vão cair para trás”.

Bolsonaro garantiu que as mensagens revelam perseguição contra ele e membros de sua família.

“Você vê a perseguição ali, conversas de autoridades falando como é que entravam na minha vida financeira, da minha família. Você pode entrar, mas tem que ter uma ordem judicial. Eu quero pegar o cara que vendia informações dentro do Coaf, por exemplo”, afirmou Bolsonaro.

“O que conseguiram contra mim, Jair Bolsonaro? Não tem nada. Agora ficam em cima de filho, em cima de esposa, de parente, amigo, advogado que advogava para mim”, afirmou o presidente.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: