fbpx

Bolsonaro dá sinal verde para Copa América no Brasil

VICTOR R. CAIVANO / AP


O Brasil vai substituir a Argentina e será o país-sede da Copa América. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (31) pela Conmebol. A instituição afirmou que, mesmo sob lockdown, os casos de coronavírus na Argentina estão altíssimos e recorreu ao governo brasileiro. O presidente Jair Bolsonaro deu sinal verde para a realização do campeonato.

Inicialmente, a Copa América seria realizada na Colômbia, mas o país vive uma revolução bolivariana e a Conmebol disse que os protestos tornaram impossível que a competição acontecesse.

A favor do Brasil, pesou o bom estado de conservação dos estádios. Natal, Brasília, Pantanal, Pernambuco e Manaus foram escolhidas como as cidades-sede do torneio. O torneio vai começar no dia 13 de junho e o término será em 10 de julho.

Oposição

A decisão, entretanto, está sendo criticada e deve parar na justiça. O PT anunciou que vai ao STF contra a realização dos jogos no Brasil. Alguns políticos defendem que as partidas ocorram sem a presença de torcedores.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP) protocolou requerimento na CPI da Covid convocando o presidente da CBF a depor. Ele quer saber quais medidas foram planejadas para garantir segurança sanitária aos brasileiros durante o evento.

Já nas emissoras de TV, redação esportiva e narradores bradam contra o evento.

Em relação aos governadores, Ibaneis Rocha (MDB) disse que não haverá impedimentos por parte do Distrito Federal para a realização dos jogos. A Arena Pantanal também estará à disposição para o torneio, de acordo com o governador Mauro Mendes (DEM).

O governador do Amazonas, Wilson Lima, disse que “tem todo interesse” em receber a Copa América no estado. Os governos de Pernambuco e Rio Grande do Norte,  no entanto, se recusaram a receber as partidas.

Em nota à imprensa, o governador Paulo Câmara (PSD-PE) disse que “apesar de ainda não ter sido procurado oficialmente pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), reforça que o atual cenário epidemiológico não permite a realização de evento do porte da Copa América no território de Pernambuco”.

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), disse no Twitter que “não recebeu nenhum comunicado oficial a respeito da realização da Copa América em território potiguar” e que “não tem hoje níveis de segurança epidemiológica para realização do evento no estado”.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: