fbpx

Bolsonaro defende respeito à Constituição e manutenção do bolsa família



O candidato do PSL à presidência da República, Jair Bolsonaro, concedeu entrevista ao Jornal Nacional na noite desta segunda-feira (8) e esclareceu pontos importantes do seu plano de governo.

Vítima de “fake news” espalhadas pela campanha do candidato Fernando Haddad (PT), Bolsonaro esclareceu que não pretende extinguir o programa Bolsa Família, como dito pelo opositor petista. Segundo o capitão do exército, sua proposta é combater as fraudes dentro do programa para que fiquem cadastradas apenas as famílias que realmente precisam do benefício para viver.

Após declarações de seu vice, General Antonio Hamilton Mourão (PRTB), sobre uma possível revisão da Constituição de 88, Bolsonaro afirmou categoricamente que irá respeitar a CF. “O presidente não tem poderes para tal”, explicou.

O candidato do PSL também desmentiu boatos que afirmavam que ele iria aumentar impostos e ressuscitar a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira).

Sobre o Colunista

Fernanda Salles

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Afirmar anuência com esta prostituição de 1988 é contrariar udo que ele pretende representar.

    A prostituição de 1988 relativisa o direito de propriedade e fortalece os interesses da esquerda relativisando tudo. É uma prostituição plenamente subjetiva e é violada pelo stf sem que o candidato tenha agido contra esta violação. No máximo um blá blá blá leitoreiro.

    O Vice, que mostra um general absolutamente PARVO, tal as asneiras que fala. Deixa-se completamente desguarnecido e seus ataques servem apenas para abrir espaço para os inimigos penetrarem tomando pontos estratégicos. Assim, forçando-se a recuos comprometedores. tal general mal mereceria o posto de sargento, tão estúpido que é.

    Infelizmente Bolsonaro é apenas um político e nada além disso. Andou tomando “banhos de sabonete perfumado”, mas ainda é o mesmo no essencial: admirador do Poder do Estado sobre a sociedade. NADA VAI MUDAR EFETIVAMENTE sob Bolsonaro que apenas enfraquecerá o combate ao BANDITISMO ESTATAL.

    É lamentável e torço para estar errado, de preferência que eu esteja totalmente errado.

  • Respeitar a Constituição é a única maneira de obter a confiança de todos os brasileiros.
    Bolsonaro governará sob a Constituição atual e provará que ela não precisa ser destruída para fazer o que é certo.
    Tudo o que a esquerda quer é que ele destrua a atual Constituição. Será mais fácil, quando voltarem ao poder, impor uma constituição comunista.
    Que Deus nos evite cair na tentação de uma nova constituinte.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: