fbpx

Cancelamento das festas juninas gera prejuízo de R$ 1,5 bilhão



 

No mês em que se comemora a natividade de São João Batista – também conhecido como o responsável por preparar o caminho para o advento de Jesus Cristo -, organizam-se milhares de festas pelo mundo em sua homenagem, as conhecidas “Festas Juninas”. Esse ano, devido à pandemia, além do prejuízo cultural e espiritual, houve ainda o prejuízo de R$ 1,5 bilhão com o cancelamento das festividades.

Conforme noticiou a Revista Oeste, o Ministério do Turismo calculou que somente a região do Nordeste brasileiro perdeu cerca de R$ 950 milhões.

Segundo os dados de arrecadação das últimas comemorações, ainda em 2019, a Bahia arrecadou R$ 550 milhões com o dia de São João, e Pernambuco, R$ 434 milhões.

O analista político Carlos Dias lamentou  durante o Boletim da Manhã de segunda-feira (28) mais esse prejuízo causado pelas medidas autoritárias de governadores e prefeitos durante a pandemia.

“De uma coisa a gente pode ter certeza: o coração do povo brasileiro, na sua religiosidade, saudando São João, não permitiu que a alegria fosse roubada por governadores dos estados brasileiros”, afirmou.

Assista aos comentários da notícia:

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: