fbpx

CDH rejeita sugestão do retorno ao voto em cédula



A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) rejeitou a sugestão legislativa de número 39/2017, que propôs o retorno do voto em cédula de papel como alternativa ao voto impresso, previsto para ser adaptado nas eleições de 2018.

O colegiado rejeitou a proposta seguindo o voto do senador-relator João Capiberibe (PSB).

De acordo com o Senado, a sugestão foi proposta com o argumento de que isso “evitaria que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) gastasse R$ 2,5 bilhões em dez anos para trocar as atuais urnas eletrônicas por modelos equipados com impressora”.

A proposta é oriunda do Portal e-Cidadania e teve mais e 20 mil votos apoiadores.

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Quem disse q a comissão de Direitos Humanos está preocupada c isso? Quer mais q o voto seja impresso p ter a esquerda como apoio.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: