fbpx

CEO da Parler afirma que o aplicativo está de volta



Um executivo da Parler, plataforma de mídia social que tornou-se popular entre conservadores, disse nesta segunda-feira (15) que o serviço está de volta e sob nova administração.

O anúncio acontece cerca de um mês depois que a Amazon decidiu remover seu serviço de seus servidores.

O CEO interino da empresa, Mark Meckler, disse ao Just The News e aos meios de comunicação locais em Las Vegas que a empresa mudou-se para um novo servidor.

Por volta das 10 horas desta segunda-feira, o site Parler aparecia como acessível via desktop. Meckler disse que os novos usuários devem ser capazes de se inscrever no serviço dentro de uma semana ou mais.

Meckler disse que a empresa está usando programas de inteligência artificial e editores humanos para investigar discursos que violam seus termos de contrato de serviço.

“A cultura do cancelamento veio até nós e nos atingiu com tudo que tinham. No entanto, não podíamos ser mantidos. Estamos de volta e prontos para retomar a luta pela liberdade de expressão, soberania dos dados e discurso civil. Agradecemos aos nossos usuários por sua lealdade durante este período incrivelmente desafiador”, disse.

Meckler foi escolhido como CEO interino da empresa depois que o ex-executivo John Matze foi demitido há algumas semanas atrás.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: