fbpx

CEO do Parler sofre ameaça de morte

demissão, parler, CEO, rede social, censura, liberdade de expressão


O CEO do aplicativo Parler, John Matze, e sua família informaram na última sexta-feira (15) que estão sofrendo ameaças de morte e, por isso, tiverem que mudar de endereço.

“O próprio Matze […] teve que deixar sua casa e se esconder com sua família após receber ameaças de morte e violações invasivas de segurança pessoal”, dizia o processo impetrado pela equipe jurídica do aplicativo Parler.

O Parler, conhecido por ser uma rede social de livre expressão, ganhou maior alcance recentemente depois que o Twitter, Facebook e Instagram censuraram o presidente dos EUA, Donald Trump, e vários perfis de conservadores americanos após a invasão ocorrida no Capitólio, no último dia 6.

Segundo a Fox News, Matze e sua família tiveram seus endereços divulgados e foram alvos de pessoas que ameaçavam invadir a casa deles.

De acordo com Matze, um grupo intitulado “UGNazi” é o responsável pela divulgação dos endereços dele e de sua família.

Tags

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: