fbpx

China: testes da CoronaVac só não foram melhores porque foram realizados em profissionais da saúde



Nesta quarta-feira (13), o presidente-executivo da farmacêutica SinoVac, Yin Weidong, tentou justificar a baixa taxa de eficácia da CoronaVac no Brasil. Segundo Weidong, os resultados da vacina só não foram melhores porque os testes foram feitos em profissionais da saúde, que enfrentam um alto risco de contrair a Covid-19.

O governo do Estado de São Paulo, na terça-feira (12), anunciou que a eficácia do imunizante desenvolvido pela farmacêutica chinesa em parceria com o Instituto Butantan é de 50,38%.

“Esses resultados clínicos de fase 3 são suficientes para provar que a segurança e eficácia da CoronaVac são boas ao redor do mundo”, disse Weidong durante uma coletiva de imprensa em Pequim.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: