fbpx

Colaborador da CNN: ‘o mundo precisa de um Hitler’



A CNN está enfrentando revolta de leitores e telespectadores contra Adeel Raja, um dos colaboradores que tem publicado no Twitter comentários positivos sobre a postura do ditador nazista Adolf Hitler em relação aos judeus.

Em um comentário feito no último domingo (16), Raja escreveu em um tuíte (agora excluído) no qual afirma que “o mundo de hoje precisa de um Hitler”.

O colaborador, ainda na semana passada, também respondeu a um tuíte do ex-vice-presidente Mike Pence, que dizia: “A América está com Israel”. Raja escreceu: “[Mais] uma história de criação de terroristas e de apoio a eles!”

“Adeel Raja, que se lista como ‘Contribuidor Freelance da CNN’ em seu perfil no LinkedIn, parece ter publicado vários artigos para a página da CNN na web”, relatou o The Washington Examiner . “De acordo com o perfil do LinkedIn, Raja ocupou o cargo de agosto de 2013 até os dias atuais. Sua assinatura mais recente para o veículo parece ter sido de 16 de setembro de 2020.”

Um porta-voz da CNN chegou a dizer que “nunca ouviram falar dele” e que estavam “investigando o assunto”. Mais tarde, a CNN admitiu que ele trabalhava para a empresa de notícias.

“Como freelancer, suas reportagens contribuíram para alguns esforços de coleta de notícias de Islamabad”, disse a CNN em um comunicado. “No entanto, à luz dessas declarações abomináveis, ele não trabalhará com a CNN novamente em qualquer posição.”

Não é de hoje que Raja escancara sua idolatria ao genocida alemão. Durante a Copa do Mundo de 2014, o jornalista escreveu: “A única razão pela qual estou apoiando a Alemanha nas finais – Hitler era alemão e se deu bem com aqueles judeus!” No dia seguinte, Raja escreveu: “Salve Hitler!”

Donald Trump Jr. comentou o caso no Twitter, marcando a emissora: “Ei CNN, parece ser um dos seus, mas imagino que não surpreenda mais ninguém”.

Ao comentar o caso, o analista político Italo Lorenzon, durante o Boletim da Manhã desta terça-feira (18), apontou como algo positivo o colaborador ter dito essa fala, uma vez que, assim, passa a ser possível identificar esse tipo de pessoa. “Melhor ele do que os enrustidos. Melhor um cara que fale a verdade, que abre a boca, que comete sincericídio”.

“Olha, por mim, eu quero que todos os jornalistas cometam todo o sincericídio do mundo. É bom irritar essa galera, porque essa galera é toda orgulhosa, aí chega um momento em que não aguenta e precisa chocar o outro. Aí o que ela faz? Comete o sincericídio. Então, provavelmente, o cara estava com raiva de alguma coisa, estava discutindo Israel e estava perdendo no argumento, aí pensou assim: ‘eu vou acabar com esse cara’ e diz ‘o mundo precisa de um Hitler’. Aí tira um ‘print’ e pronto. Provoca o cara até ele se expor”, analisou o comentarista político.

Assista aos comentários da notícia:

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: