fbpx

De olho no 5G, Partido Comunista da China ameaça asfixiar economia da Suécia



O Partido Comunista da China (PCCh) emitiu uma declaração ao governo da Suécia, na última terça-feira (11), afirmando que, caso não seja permitido a participação da Huawei no leilão de 5G no país, o PCCh irá impôr sanções econômicas às empresas suecas com negócios no país comunista. 

O regime comunista, no entanto, também tem como alvo a empresa sueca de tecnologia Ericsson, uma das principais rivais do PCCh. O presidente-executivo da Ericsson, com receio, resolveu montar um “gabinete do lobby” em prol da Huawei, visando a pressionar as autoridades da Suécia para liberar a entrada dos comunistas no processo de leilão, segundo a mídia estrangeira.

Ainda em outubro de 2020, a Suécia chegou a se juntar a outros países e baniu equipamentos de comunicação com tecnologia chinesa, uma vez que a Huawei é acusada de espionar consumidores a mando do PCCh. 

No próximo mês, o Brasil irá realizar o certame da tecnologia de quinta geração. Não está confirmado ainda se a empresa chinesa irá participar do evento.

O ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, chegou a denunciar em março deste ano que há atualmente no Brasil um lobby pró-China.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: