fbpx

Desafios externos e internos do Brasil

Agência Brasil


 

Com a destruição da imagem e da reputação externa do país produzida pelos governos de Lula e Dilma, do Partido dos Trabalhadores (PT), uma área tornou-se prioritária com a ascensão ao poder do presidente Jair Bolsonaro. No contexto inicial de 2019, o Ministério das Relações Exteriores retornou à vocação e recuperou contornos estratégicos por ter que reposicionar a política externa brasileira.

A retomada dos interesses nacionais sobre alinhamentos ideológicos de precárias parcerias da época petista, com pesadas consequências sociais e econômicas para o Brasil, ganharam novo curso e avanço, permitindo, em curto prazo, que o país restabelecesse a credibilidade internacional.

A abertura para o mercado internacional é parte integrante da modernização do país e de sua economia. No mesmo sentido, estão as reformas em tramitação no Congresso Nacional e a reeducação urgente do ambiente burocrático das Agências Reguladoras, cujos atos normativos impactam negativamente o setor produtivo nacional.

O Brasil, caso as amplas reformas em exame se concretizem, terá capacidade de desempenhar no cenário mundial papel relevante nas trocas comerciais, ampliando acordos, revendo aspectos tarifários, desmontando barreiras e consolidando a inserção no comércio internacional.

Sobre o Colunista

Carlos Dias

Analista político. Especialista em Política e Estratégia pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra. Escritor, Jornalista e Filósofo independente. Membro Honorário da Academia Brasileira de Filosofia. Membro do Centro Brasileiro de Estudos Estratégicos - CEBRES.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: