fbpx

Dominion excluiu 2,7 milhões de seus votos, diz Trump



O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira (12) em seu Twitter que a Dominion, empresa responsável pelo sistema eletrônico de votação, excluiu 2,7 milhões de votos destinados a ele.

“Análise de dados encontra 221 mil votos na Pensilvânia mudados de Trump para Biden. 941 mil votos de Trump excluídos. Os estados que usam sistema de votação Dominion mudaram 435 mil votos de Trump para Biden”, tuitou o presidente americano.

Como já noticiou o Terça Livre, Dominion é o segundo maior vendedor de urnas eletrônicas nos Estados Unidos. No ano passado, o estado da Geórgia selecionou a empresa para fornecer o sistema de votação estadual para 2020 e além.

No site da empresa, há um mapa indicando em quais territórios ela atua: 28 estados e Porto Rico.

Segundo o jornalista Kyle Becker, da Fox News, os maiores entre os chamados “swing states”, ou seja, aqueles estados cujo eleitorado algumas vezes votam nos republicanos e outras vezes votam nos democratas, oscilando de forma imprevisível, estariam utilizando as urnas Dominion.

Nevada, Arizona, Minnesota, Michigan, Wisconsin e Pennsylvania, aponta o Becker.

Leia também: Eleições americanas: fatos perturbadores

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: