fbpx

Doria coloca efetivo policial para ‘proteger’ sua casa particular de manifestantes pacíficos



O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) colocou um vasto efetivo da Polícia Militar para fazer a “segurança” de sua residência privada neste domingo, 7, enquanto manifestantes pacíficos protestavam no local.

Segundo o tucano, as centenas de pessoas, a maioria comerciantes e demais trabalhadores que apenas pediam pelo direito de voltar a trabalhar, são “bolsonaristas loucos”, que o estavam ameaçando.

São diversas as imagens que circulam na internet mostrando policiais militares em posição de ordem na frente da casa de Doria, com viaturas e motocicletas.

Segundo o deputado estadual Gil Diniz (sem partido), pelo menos 250 policiais militares estão em frente à casa de Doria, entre eles, Força Tática, BAEP e até o 3º Batalhão de Choque.

O próprio governador confirmou que colocou a polícia militar para fazer sua segurança. “Além de pedir apoio policial e tomar medidas legais, quero registrar meu repúdio a este comportamento. Onde vai parar o Brasil com tanta conflagração?”, escreveu Doria no Twitter.

O deputado estadual Douglas Garcia (PTB) chegou a publicar em seu perfil no Twitter que recebeu as denúncias sobre o uso do efetivo policial para a proteção do governador e que tomaria providências.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Esposa, jornalista, tupãense e católica. 23 anos.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • ótima redação, parabéns pelo belíssimo trabalho.👏👏👏👏😎👉🇧🇷🇺🇸

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: