fbpx

Doria e Maia se encontram para falar sobre a vacina

Rodrigo Maia


O governador de São Paulo, João Doria e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), se encontram para conversar sobre as polêmicas da semana e dizem estar otimistas sobre a possibilidade de Bolsonaro comprar a vacina chinesa.

Os dois participaram da coletiva de imprensa em São Paulo nesta sexta-feira (23). 

“Eu sempre sou otimista. A gente muda, as coisas mudam e as pessoas podem refletir. Ninguém é dono da verdade. Acho que a posição de ontem pode não ser a mesma de daqui a 15 ou 20 dias. Eu, mesmo sendo vítima das redes bolsonaristas, sempre acreditei que chegaria nisso, em um ponto onde o diálogo prevaleça em relação ao radicalismo e agressão nas redes sociais“, afirmou Maia. 

Doria disse que o presidente está politicando a “pandemia” por se recusar a comprar a vacina chinesa. 

“Nunca quis politizar pandemia nem vacina. Quem o fez foi o Bolsonaro. Eu fiz apelos ao presidente que tivesse grandeza e liderasse o Brasil contra o coronavírus, inicialmente pelo isolamento e depois com medidas protetivas. Mas lamentavelmente quem adotou discurso politizado foi o presidente Bolsonaro. Me entristece que ele tenha adotado esse caminho. Mas a opinião pública sabe avaliar quem adotou a postura correta”, disse o Tucano

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...