fbpx

Doria veta projeto que garantia acolhimento privado a mães de natimorto em hospitais de SP



O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), vetou um projeto de lei que previa que mães de bebês que nasceram mortos tivessem um quarto destinado somente a elas na internação e no pós-operatório.

O objetivo do projeto criado pelos deputados Marina Helou (REDE), Monica Seixas, da Mandata Ativista (PSOL) e deputado Coronel Telhada (PP) era oferecer mais segurança e respeito ao luto dessas mulheres.

Doria vetou ainda outro projeto de lei que tratava da dignidade humana, o que visava a incorporar a religiosidade no tratamento de dependentes químicos no estado de São Paulo, assinado por Douglas Garcia (PTB) e Tenente Nascimento (PSL).

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: