fbpx

É falso que Barroso rejeitou soltar Daniel Silveira; ação já havia perdido objeto, diz defesa

Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados


 

O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) esclareceu, por meio de sua conta no Twitter na tarde desta sexta-feira (10), que a notícia de que o Supremo Tribunal do Federal (STF) negava revogação da prisão de Daniel Silveira é antiga. A notícia foi dada por engano pela grande imprensa, como se a rejeição da soltura do parlamentar fosse ato do presente momento.

O Terça Livre entrou em contato com a defesa de Daniel Silveira. Um dos advogados nos explicou que não houve rejeição do Habeas Corpus (HC), como noticiado pela CNN, mas sim o “não conhecimento” da questão.

O HC foi impetrado no STF em 28 de agosto durante um plantão do tribunal. Contudo, no dia 31 o ministro Alexandre de Moraes decidiu manter a prisão do deputado. Ainda assim, em 2 de setembro o ministro Luís Barroso decidiu tornar o pedido de soltura “não conhecido” por perda de objeto, uma vez que a prisão foi mantida.

A equipe do STF publicou a decisão somente hoje, fazendo com que a CNN Brasil divulgasse a informação erroneamente sobre a suposta “rejeição” do pedido.

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: