fbpx

Em quatro meses, Biden já destinou quase meio trilhão de dólares para financiar aborto



O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em menos de cinco meses à frente da Casa Branca, já destinou quase meio trilhão de dólares para financiar o assassinato de bebês – o aborto. A informação, compilada pelo Conselho de Pesquisa da Família (CPF) dos EUA, foi divulgada na última terça-feira (25), pelo jornal Daily Signal.

Em comparação, a quantia de US$ 479,9 bilhões destinada por Biden chega a ser quase vinte vezes maior que a quantia disponibilizada por Obama à entidade (US$ 24,7 bilhões) para financiar o aborto, no mesmo período de mandato. A principal beneficiada é a ONG abortista Planned Parenthood.

O diretor de assuntos federais do Conselho de Pesquisa da Família, Connor Semelsberger, afirmou que atual presidente democrata é o primeiro chefe do Executivo mais pró-aborto da história do país.

“Se você olhar para os quatro anos do governo Trump, muito foi feito pelo movimento antiaborto em seus quatro anos do que nos oito anos do governo Bush para fazer avançar as políticas pró-vida”, declarou Semelsberger.

“Agora, o governo Biden está a caminho de superar os oito anos do governo Obama em políticas pró-aborto”, concluiu o diretor da entidade pró-vida.

Poucos dias após assumir a Casa Branca, Biden rompeu a aliança mundial contra aborto e ainda suspendeu a proibição de financiamento dos EUA para ONGs pró-aborto. Além disso, em março, incluiu ativistas pró-vida em lista de “extremistas violentos”.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: