fbpx
Reprodução/TV Art. 220 YouTube

Espectadores reagem após queda do Terça Livre no YouTube e comentam na transmissão do Artigo 220, cessionário dos direitos sobre os programas da empresa



 

Após os canais do Terça Livre serem derrubados na plataforma do YouTube, no final da noite dessa terça-feira (12), os direitos de transmissão dos programas do Terça Livre TV foram cedidos para o Artigo 220, que está ativa na plataforma e na TwitchTV, ambiente de transmissão de vídeos concorrente da empresa do Google.

Ao saberem da mudança os espectadores do Terça Livre foram até os canais do Artigo 220, tanto na TwitchTV, como no YouTube e manifestaram solidariedade, carinho e desejaram força aos membros de toda a equipe. Separamos alguns comentários publicados na rede social para exemplificar o tom dos espectadores. Veja:

  • “Inscrição feita. 👍 Registrado, canal compartilhado. Sabe quando irão nos calar? Nunca. Arrebeeeenta terça livre.”
  • “Quem não pode assinar, doe 5,00 por mês. É o preço de uma passagem de ônibus.”
  • “Eu estou abismado com o que estão fazendo com o terça livre, mas eu vou onde vocês estiverem, força, que Deus os abençoe.”
  • “Força gente, se incomoda é porque está indo pelo caminho certo.”
  • “Deus os abençoe intensamente! Vcs  são fora de série!”
  • “Não desistiremos. Somos todos Patriotas!!!!! TMJ TL.”
  • “Onde vcs estiverem, nós estaremos juntos com vcs!! 👏👏👏💪👊🙏🙌🇧🇷🇧🇷🇧🇷”

Houve até quem fizesse citação de livros, fazendo uma aproximação com realidade que tem acometido o Terça Livre:

  • “No  livro ‘A REVOLTA DAS MASSAS’ de José Ortega Y Gasset, ele registra o seguinte: ‘O homem recorre perpetuamente à violência: às vezes esse recurso era simplesmente um crime, e não nos interessamos. Mas em outras, a violência era o meio  a que aqueles que antes haviam esgotado todos os meios para defender a razão e a justiça a que acreditavam ter recorrido. É muito lamentável que a condição humana ocasionalmente leve a esta forma de violência, mas é inegável que significa a maior homenagem a  razão e justiça. Esta violência nada mais é do que razão exasperada. A força era, de fato, a razão última’ (p. 147).  Com medo de que as palavras do filósofo espanhol sejam a verdade mais pura, infelizmente.”

O mesmo apoio foi visto na outra plataforma de transmissão de vídeos ao vivo, a TwitchTV. Anexo ao vídeo, vários comentários seguem a mesma linha, de apoio e solidariedade dos seguidores do Terça Livre, muitas vezes apoiando o trabalho desenvolvido pela iniciativa Artigo 220.

  • “Pessoal, compartilhem a Live em todas as suas redes sociais! 🤝”
  • “No Youtube Olhei Que Já Tá Com + De 5,78Mil!!”
  • “SOMOS 4 MIL AO VIVO!”
  • “Já fiz, enviei para uns 15 grupos que tenho.”

Em seu canal no Telegram nesta quarta-feira (13), Allan dos Santos, um dos fundadores do Terça Livre, afirmou aos seguidores que a decisão que tirou do ar os canais de transmissão dos programas não foi das empresas em si, mas tem a ver com investigações promovidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

 

 

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: