fbpx

EUA: Facebook proíbe anúncios de acessórios para armas e equipamentos de proteção



O Facebook, em um comunicado no último sábado (16), informou que está banindo temporariamente os anúncios que promovem acessórios para armas de fogo e equipamentos de proteção nos Estados Unidos. A medida estará em vigor até o dia 22 de janeiro, depois da posse do presidente eleito Joe Biden.

O Facebook disse que já proibiu anúncios de armas, munições e aprimoramentos de armas de fogo, como silenciadores, e a mudança expande a proibição de acessórios como cofres para armas, coletes e coldres de armas nos Estados Unidos.

A plataforma de mídia social tem intensificado seu policiamento de conteúdo e outras medidas nos últimos dias, antes da posse de Biden.

A empresa de mídia social disse que a mudança é uma tentativa de remover conteúdo que “poderia incitar mais violência durante as próximas semanas”. O conteúdo será removido de acordo com a política de “Coordenação de danos” da empresa.

“Antes do Dia da Posse, implementamos uma série de medidas adicionais para continuar evitando tentativas de uso de nossos serviços para fins de violência”, disseram autoridades do Facebook em um comunicado.

A moderação direcionada pelo Facebook, Twitter e outros levantou preocupações sobre os direitos da Primeira Emenda e a falta de verificações e balanços nas decisões tomadas por essas empresas de Big Tech.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: