fbpx
Reprodução/rededoesporte.gov.br

Ex-membro acusa Partido Comunista Chinês de espalhar coronavírus



 

Wei Jingsheng, ex-membro do Partido Comunista Chinês, acusa a organização de ter espalhado o vírus Covid-19 deliberadamente meses antes de notificar oficialmente a Organização Mundial da Saúde (OMS). A denúncia de Wei Jingsheng foi publicada pelo DayliMail, nessa quarta-feira (22).

De acordo com o denunciante, a China teria utilizado os Jogos Militares Mundiais como um evento super disseminador do vírus. O evento aconteceu em outubro de 2019 na cidade de Wuhan, epicentro da pandemia.

O torneio internacional reuniu atletas militares de vários países e, segundo Jingsheng, não por acaso atletas que estiveram no evento supostamente adoeceram de uma doença misteriosa.

“[Eu sabia] da possibilidade de o governo chinês usar algumas armas estranhas, incluindo armas biológicas, porque sabia que eles estavam fazendo experimentos desse tipo”, disse ele.

Ainda de acordo com a publicação, Jingsheng disse que atletas da França, Alemanha e Estados Unidos estavam entre os que adoeceram no torneio com sintomas semelhantes aos da Covid-19, porém, nunca foram testados para o vírus.

O analista político José Carlos Sepúlveda questionou o fato de a China utilizar a tribuna da Organização das Nações Unidas (ONU) para se arrogar liderança mundial e, pior ainda, a imprensa mundo afora não dar a devida publicidade para uma denúncia tão grave.

“Essa é a notícia grave que eu tinha lido, porque estamos falando do membro do Partido Comunista Chinês. Essa reportagem do DayliMail dá a entender que isso foi proposital. Ora, nós estamos então diante de mais um aspecto escandaloso e gravíssimo dessa Pandemia. E, até agora, poucos países tiveram coragem de apontar o dedo à China para pedir uma investigação completa, séria, do que pode ter sido um crime. Mas não, a China vai à ONU fazer um discurso de que é preciso uma ordem global, que eles têm solução para tudo. Essa denúncia deveria estar em todas as primeiras páginas do mundo e não está”, concluiu.

 

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: