fbpx

Ex-secretária de Saúde, já denunciada por desvios de R$ 2,1 bi, assume cargo comissionado federal



Na última quarta-feira (3), a ex-secretária de estado da Saúde da Paraíba, Cláudia Luciana de Sousa Mascena Veras, denunciada na Operação Calvário, foi nomeada para um cargo comissionado federal do Ministério da Saúde da Paraíba.

A Operação Calvário, realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU), em parceria com a Polícia Federal (PF), o Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público Estadual (Gaeco/MPPB), chegou a apurar desvios de R$ 2,1 bilhões da Saúde e Educação no estado.

Em 2019, Cláudia Veras, juntamente com o ex-governador da Paraíba, o socialista Ricardo Coutinho (PSB) foram presos. Segundo as investigações do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), a ex-secretária de saúde teria tido participação ativa no esquema de desvios de recursos públicos e pagamento de propina. Atualmente, Veras faz uso de tornozeleira eletrônica.

Após a nomeação de Cláudia Veras no Diário Oficial da União (DOU), parlamentares se pronunciaram e pediram a exoneração do novo cargo recebido.

“Tenho certeza absoluta que o presidente é um homem sério e vai exonerá-la o mais rápido possível, assim como também quem a nomeou, pois, sabia que isso iria causar um desgaste enorme para Bolsonaro”, declarou o deputado estadual Cabo Gilberto (PSL).

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: