fbpx

Gilmar Mendes suspende ação contra secretário de Doria

gilmar mendes


O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu, nessa quarta-feira (23/9), ação penal da Lava Jato contra Alexandre Baldy, secretário licenciado de Transportes de São Paulo e ex-ministro das cidades no governo de Michel Temer (MDB).

A decisão vale até que a 2ª Turma do STF decida se a competência para julga a ação penal é da Justiça de Goiás ou do Rio de Janeiro. “Destaca-se a importância do respeito à garantia constitucional do juiz natural e da devida observância dos critérios constitucionais e legais de fixação da competência”, escreveu.

A decisão do ministro também suspende o bloqueio de bens de Baldy.  Em agosto, após a prisão de Baldy, o senador Jorge Kajuru veio a público com revelações bombásticas sobre Gilmar Mendes.

De acordo com Kajuru, Gilmar teria recebido ligações com pedidos para que Baldy fosse solto. A primeira delas, segundo o senador, partiu de Marconi Perillo, que atualmente é assessor especial do governador João Doria.

Também João Doria ligou para o Gilmar Mendes pedindo exclusivamente a liminar e a soltura do “bebezinho de colo” deles – como disse Kajuru referindo-se a Baldy. 

O MPF aponta o envolvimento de Baldy com organizações criminosas a partir da intermediação de pagamentos para a Organização Social Pró-Saúde. 

A OS geria o Hospital de Urgência da Região Sudoeste, em Goiás, entre 2010 e 2017.

Com informações, CNN Brasil

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...