fbpx

Gleisi Hoffmann: a “voz de Lula condenado” será julgada no STF



A senadora Gleisi Hoffmann, que tem sido a voz do ex-presidente condenado Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula (PT) fora da cadeia, tem um encontro com a Justiça no dia de hoje, 19. O processo contra ela será apreciado pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

Hoffmann responde à Ação Penal 1003, na qual também é réu o marido da petista, Paulo Bernardo e o empresário Ernesto Kugler Rodrigues. O trio é acusado de receber propina de R$ 1 milhão do esquema de corrupção da Petrobras. O dinheiro teria sido usado na campanha de Hoffmann.

A denúncia foi feita pela Procuradoria Geral da República. De acordo com a PGR, o recurso foi usado na campanha de Hoffmann para o Senado Federal no ano de 2010, quando ela foi eleita. O montante – ainda conforme a denúncia – é oriundo de contratos da Diretoria de Abastecimento da Petrobras, durante a gestão do ex-diretor Paulo Roberto Costa, que foi o primeiro delator da Lava Jato.

A PGR se baseia nas delações de Paulo Roberto Costa, do doleiro Alberto Yousseff e Pieruccini. Além disso, há provas que se sustentam em quebras de sigilo telefônico dos investigados. A PF relatou 29 ligações de Kugler o então tesoureiro de campanha de Hoffmann, Ronaldo da Silva Baltazar.

Uma condenação de Hoffmann será mais uma perda para o PT. Além de voz oficial de Lula, a senadora é a presidente da legenda.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: