fbpx

Globo é investigada por Cade sob suspeita de praticar monopólio



A Rede Globo está mais uma vez em apuros após o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), abrir um inquérito para apurar suposto monopólio da emissora sobre os direitos de transmissão do futebol.

De acordo com nota técnica divulgada pelo órgão, a investigação iniciada nesta sexta-feira (25), tem 180 dias para ser concluída. Conforme noticiou a revista Oeste, tudo começou depois de um clube esportivo (o Cade não revelou o nome) denunciar a emissora.

Conforme a acusação, a Globo estaria valendo-se “de ações judiciais para impedir que sua concorrente, a Turner, transmita jogos do Campeonato Brasileiro”. Proprietário do canal TNT, o Grupo Turner é concorrente da emissora pelos direitos de transmissão da competição.

Para o Cade, o fato de a Globo ter entrado com um processo contra a Turner, para impedir que ela usasse a medida provisória (MP) 984/2020 de modo a exibir jogos, configura uma intimidação à concorrência em um mercado que já é fechado. Fica ainda mais difícil de se investir com um grupo econômico repreendendo quem tenta entrar no negócio.

“As características do mercado de transmissão de jogos de futebol — com poucos agentes econômicos e marcado pela clara existência de posição dominante — podem desvirtuar o paradigma de ‘competição no mercado’ por uma competição ‘pelo mercado’, sobretudo no caso de negociação de campeonatos inteiros”, explicou o Cade.

Com informações: Revista Oeste

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...