fbpx

‘Google desafia e faz pouco do Poder Judiciário’, diz Justiça sobre nova censura contra canal de advogados



O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o Google restabeleça ao YouTube outro vídeo censurado do canal Momento Conservador, formado por advogados brasileiros.

Na decisão da última terça-feira (8), o juiz Marcelo Augusto Oliveira ressalta o detalhe de que o vídeo não é recém-postado, mas já estava no canal há um ano.

Para o magistrado, o Google praticou retaliação contra o canal, que já trava batalha judicial com a Big Tech desde o mês de maio, quando a Justiça mandou suspender a exclusão de outros dois vídeos. Relembre.

Até o momento, a determinação não foi cumprida.

“Com isso”, afirma o juiz, “o Google desafia a autoridade do Poder Judiciário, porque não apenas descumpre a tutela provisória, como dela ainda faz pouco”. Para assegurar que o Google cumpra a medida, o magistrado elevou a multa diária para R $10 mil.

Leia também

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: