fbpx

Governador da Flórida/EUA desafia Big Techs por causa da ‘censura’



Na última terça-feira (2), durante uma coletiva de imprensa, o governador da Flórida, Ron DeSantis, anunciou que deu início uma ação para penalizar empresas de mídia social que censuram conteúdo ou banem usuários.

Acompanhado pelo presidente da Câmara, Chris Sprowls e pelo presidente do Senado Wilton Simpson, o governador republicano disse que a indignação pública com o “cartel Big Tech” dos Estados Unidos atingiu um ponto crítico.

“Agora, de repente, eles podem agir em conjunto e simplesmente tirar você?”, questionou DeSantis. “Você precisa ter uma proteção contra isso”, pontuou.

A legislação proposta ainda está sendo elaborada. Entrando em vigor, essa proposta impedirá que as plataformas de mídia social suspendam as contas de candidatos políticos ou bloqueiem postagens feitas por eles, ou sobre eles.

“As empresas Big Tech têm o dever de permitir visões divergentes em suas plataformas públicas. Ninguém deve ser excluído. Mas, sejamos claros: eles têm como alvo os conservadores”, disse Simpson, acrescentando que isso equivale à censura política.

“Não há muito que possamos fazer como um estado. Mas precisamos que o Congresso atue em âmbito nacional”, completou o presidente do Senado.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: