fbpx

Governador de Santa Catarina é afastado do cargo por 180 dias



A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), aprovou na madrugada deste sábado (24), por seis votos a quatro, denúncia contra o governador Carlos Moisés (PSL), que agora fica afastado provisoriamente por 180 dias.

A vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido), que também estava sendo investigada, mas teve a denúncia arquivada, permanece no cargo e assume o governo.

O relatório com pedido de afastamento foi aprovado pela Comissão Especial do Impeachment em 15 de setembro.

O governador é acusado por suposta prática de crime de responsabilidade na concessão de aumento a procuradores de Santa Catarina, que tiveram os salários equiparados aos dos procuradores do Poder Legislativo.

Para a denúncia, o benefício foi concedido de forma sigilosa, sem autorização legislativa.

Moisés é alvo de outro processo de impeachment, aberto na Alesc na terça-feira (20). Ele foi acusado de crime de responsabilidade pela compra de 200 respiradores para o combate à covid-19, no início deste ano.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...