fbpx

Governador Eduardo Leite marca reunião com Renan Calheiros, relator da ‘CPI da Covid’



O governador do estado do Rio Grande do Sul (RS), Eduardo Leite, segundo a sua agenda oficial, participou de uma reunião nesta terça-feira (27) com o novo relator da “CPI da o Covid”, o senador Renan Calheiros. Também esteve com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Durante as reuniões, Eduardo Leite entregou a ambos um relatório detalhado sobre as destinações dos repasses federais ao RS em 2020, com base nos dados extraídos do Sistema de Finanças Públicas Estadual (FPE), em março de 2021.

“Todo mundo está acompanhando CPI no Senado para apurar justamente as ações, as omissões de cada uma das partes, especialmente do Governo Federal, em relação ao coronavírus. E vão também poder observar a aplicação dos recursos federais nos Estados”, destacou o governador.

“Não temos nenhum temor da análise de toda a aplicação de recursos no estado do RS. Entregamos ao senador Renan Calheiros, relator da CPI, e também ao presidente do Senado, senador Rodrigo Pacheco, para que fique muito clara toda a forma de atuação do RS em relação ao coronavírus”, acrescentou Eduardo Leite.

Durante a reunião com Pacheco, o governador demonstrou preocupação com o andamento da reforma tributária. Em resposta, Pacheco informou que, assim que o deputado federal Agnaldo Ribeiro, relator do processo, entregar o parecer a respeito dos projetos, pretende então marcar uma reunião com todos os governadores para tratar sobre o assunto.

Conforme informou o próprio site do governo estadual, o governador estará em Brasília nesta terça (27) e quarta-feira (28) para “cumprir diversas agendas de interesse do estado”. Na quarta à noite retorna para Porto Alegre.

Nesta terça, estava prevista a reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, às 14h30, e, às 15h30, o encontro com Renan Calheiros, no gabinete dele, no Senado. Leite também disse estar à disposição do relator da “CPI da Covid” para quaisquer esclarecimentos necessários.

Já na quarta-feira (28), Eduardo Leite irá se encontrar com o secretário Diogo Mac Cord, da Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados, e com a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos, Marta Seller.

Também estão previstos encontros com o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e (por vídeo chamada) com o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Atualmente, Eduardo Leite é um dos governadores que se posicionam contra algumas medidas do Governo Federal e do presidente da República, Jair Bolsonaro.

No mês passado, Leite publicou um decreto determinando que todo o estado do RS permanecesse na fase de bandeira preta, que significa “risco altíssimo” de contágio do vírus chinês, restringindo ainda mais a liberdade dos cidadãos de seu estado. Determinou ainda multa de R$ 2 mil a R$ 75 mil para todos os cidadãos que desobedecerem as medidas previstas.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: