fbpx

Governador petista da Bahia impõe toque de recolher



O governador da Bahia, Rui Costa (PT), decretou nesta quarta-feira (17) que o Estado irá impor “toque de recolher” à população, a partir da próxima sexta-feira (19). O governador deu como justificativa o suposto avanço do vírus chinês.

Segundo o petista, o “toque de recolher” terá duração de sete dias e abrangerá a capital, Salvador, e diversas cidades do interior. Será proibida a circulação de pessoas entre as 22 e as 5 horas e quem descumprir a ordem poderá ser preso e responder por crime contra a saúde pública.

Durante esse período, as “atividades não essenciais” interromperão os serviços. Rui Costa informou ainda que colocará as forças de segurança para fiscalizar o comércio e as ruas.

“O objetivo é evitar a convivência em bares, bebidas, carros de som, aquelas aglomerações na madrugada que geram muita contaminação, porque, em geral, estão associadas a bebidas alcoólicas. Portanto, há descuido nas relações de convivência. Com isso, nós esperamos preservar vidas humanas, garantir leitos hospitalares para quem precisar”, decretou Rui Costa.

Por fim, disse ainda que pode dobrar a aposta, caso a população desobedeça à determinação. “Se a situação se agravar, ampliaremos o horário do toque de recolher: em vez de 22 horas, pode ser 20 horas, pode ser 18 horas”, ameaçou o governador petista.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: