fbpx

Governo do Tennessee retira dos departamentos de saúde poder de tornar uso de máscaras obrigatório



O governador republicano Bill Lee, durante uma entrevista coletiva, anunciou que os departamentos de saúde locais do Tennessee não terão mais o poder de determinar obrigatoriedade das máscaras a partir dessa quarta-feira (28).

Por meio de uma Ordem Executiva, o governador determinou a remoção da prerrogativa de decretar o uso de máscara da maioria dos departamentos de saúde, além de abordar “funções econômicas e regulatórias” em todo o estado.

“Depois de mais de um ano de intervenções de saúde lideradas pelo público, estamos em uma época diferente. É hora de mudar nosso foco agora mais para a recuperação, e não para restrições”,  disse o governador.

Embora a Ordem Executiva do governador não afete os seis departamentos de saúde que operam no Tennessee, sob autoridade local em vez de estadual, Lee disse que seu escritório conversou com funcionários de cada um desses condados e comunicou-lhes que todas as determinações devem terminar até 30 de maio.

“Achamos que isso acontecerá em cidades de todo o nosso estado”, declarou o republicano.

Comentando a decisão durante o Boletim da Noite desta quarta-feira (28), o jornalista Allan dos Santos reconheceu como “óbvia” a decisão do governador, dando como exemplo uma fala de Dana White, atual presidente do UFC.

“O Dana White, atual presidente do UFC, falou em um vídeo: ‘Você quer usar máscara, use. Eu não quero e não usarei.’ Veja como é simples, se você quer usar um pedaço de pano na boca, use, mas eu não estou com vontade de usar”, comentou o jornalista, que também ressaltou que “no Texas, na Flórida e agora no Tennessee não é mais obrigatório o uso de máscaras”.

“Era óbvio que todas essas narrativas uma hora iriam cansar, elas são insanas, irracionais, então chega, não dá para ficar aturando uma coisa dessa”, declarou Allan dos Santos. “Parabéns ao Tennessee, e isso certamente chegará a outros estados, porque ninguém aguenta mais.”

E acrescentou: “O Dr. Anthony Fauci, que é o como se fosse o responsável pelo Ministério da Saúde, porque os EUA não têm Ministério da Saúde, mas se tivesse algo parecido, seria o cargo que ocupa hoje o Dr. Fauci, falou, dando entrevista sem máscara, para alguém que estava bem próximo no início da pandemia: ‘Se a pessoa quiser usar e se sentir bem com a máscara, não tem problema nenhum, mas é uma questão estética e psicológica, não faz diferença'”, concluiu.

Assista aos comentários da notícia:

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: