fbpx

Governo estende auxílio emergencial em mais quatro parcelas no valor de R$ 300 reais

Agência Brasil


O governo federal decidiu na manhã desta terça-feira (01) que o auxílio emergencial será prorrogado em mais quatro parcelas no valor de R$ 300 reais.

A decisão aconteceu após uma reunião no Palácio da Alvorada entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia Paulo Guedes.

Popularmente conhecido como “coronavoucher”, o auxilio destinado a desempregados e trabalhadores informais se estenderá até dezembro.

“Não é um valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas, basicamente, atende”, avaliou o presidente.

“O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então, decidimos aqui, até atendendo a economia em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300,” disse.

O ministro Paulo Guedes afirmou que o auxílio serviu para que o governo jogasse luz sobre 38 milhões de trabalhadores brasileiros que estavam invisíveis e acabavam não sendo atendidos por nenhum programa social, por serem informais, segundo a revista Oeste.

Criado em abril, o auxílio foi a única fonte de renda para mais de 4,4 milhões de lares em julho, segundo pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O Cadastro Único realizado para o recebimento do benefício deverá servir também para outros programas a ser lançados futuramente pelo governo.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: