fbpx

Hackers estrangeiros invadem Tesouro dos EUA



A administração Trump reconheceu neste domingo, 13, que hackers estrangeiros invadiram uma série de redes governamentais importantes, incluindo os Departamentos de Tesouro e Comércio. Eles tiveram acesso aos sistemas de e-mail do governo.

De acordo com agências de notícias dos Estados Unidos, há suspeita de que os ataques tenham partido da Rússia. Este seria um dos maiores e mais sofisticados ataques a sistemas federais dos últimos cinco anos.

As autoridades disseram que uma busca estava em andamento para determinar se outras partes do governo foram afetadas. Ainda não está claro se os sistemas invadidos continham material confidencial.

O governo de Donald Trump não explicou muito sobre o hack, o que sugeriu que, embora o governo estivesse preocupado com a intervenção russa nas eleições de 2020, as principais agências que trabalham para o governo – que não estavam relacionadas à eleição – foram, na verdade, objeto de um ataque sofisticado que eles não esperavam.

“O governo dos Estados Unidos está ciente desses relatórios e estamos tomando todas as medidas necessárias para identificar e remediar quaisquer possíveis problemas relacionados a esta situação”, disse John Ullyot, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, em um comunicado.

A agência de segurança cibernética do Departamento de Segurança Interna, cujo líder, Christopher Krebs, que foi demitido pelo presidente Trump no mês passado por declarar que não houve fraude eleitoral mesmo diante de diversas evidências, disse em um comunicado que também foi convocado.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: