fbpx

Huawei investirá em formação de mão de obra no Brasil



O diretor de relações públicas e governamentais da empresa chinesa Huawei no Brasil, Bruno Zitnick, declarou durante uma entrevista nesta sexta-feira (12)  que irá investir em formação de mão de obra, no Brasil, voltada à instalação de fibra óptica. Segundo Zitnick, possivelmente 12 laboratórios serão abertos no país neste ano.

“O 5G precisa do arcabouço de fibra óptica para funcionar corretamente”, afirmou Bruno Zitnick.

Além da abertura dos laboratórios, a empresa, que possui laços estreitos com o Partido Comunista da China (PCCh), deseja ainda ampliar parcerias com universidades brasileiras.

Atualmente, a Huawei possui parceria com 46 instituições de ensino, e quer ampliar esse número para 100 universidades.

Segundo a companhia chinesa, o forte investimento no Brasil visa a suprir a demanda gerada pelo avanço das conexões de banda larga fixa no país, bem como às necessidades das redes de quinta geração, o 5G.

A primeira unidade de formação técnica comandada pela empresa do país comunista será nas dependências da Instituição de Ensino Superior do Rio de Janeiro, em Niterói (RJ),

A empresa chinesa Huawei vem sendo fortemente criticada nos últimos anos por diversos países, sendo acusada como um dos braços de espionagem do Partido Comunista da China.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: