fbpx

IBGE: desemprego bate recorde em 20 Estados



O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (10) que o desemprego, devido à pandemia, atingiu novos recordes em vinte estados brasileiros.

Após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir que os governadores possuem autonomia em seus governos para combater o vírus chinês, e esses, por sua vez, tomarem medidas autoritárias durante a pandemia, milhões de brasileiros acabaram perdendo os seus empregos e ainda não conseguiram recuperá-los.

Entre os estados brasileiros mais afetados na taxa média de desemprego em 2020, encontram-se os do Nordeste. Os menos afetados, no Sul do país.

A taxa média de desemprego no Brasil para o ano passado ficou em 13,5%.

As cinco maiores taxas são de Bahia (19,8%), Alagoas (18,6%), Sergipe (18,4%), Rio de Janeiro (17,4%) e Pernambuco (16,8%).

As cinco menores são Mato Grosso do Sul (10%), Mato Grosso (9,7%), Paraná (9,4%), Rio Grande do Sul (9,1%) e Santa Catarina (6,1%).

São Paulo, o maior estado brasileiro, fechou 2020 com um índice médio de desemprego de 13,9%, praticamente o mesmo da média nacional.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: