fbpx

Investigado por desvios na Saúde, senador Omar Aziz ataca Dra Nise Yamaguchi: ‘Não acreditem nela’

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado


Em depoimento à CPI da Covid nesta terça-feira (1º), a médica Nise Yamaguchi afirmou que a vacinação e o tratamento precoce são estratégias diferentes, mas igualmente importantes durante a pandemia.

A fala veio após o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), reproduzir um vídeo em que a médica afirma que há evidências robustas de que o tratamento precoce salva vidas.

Questionada por Calheiros, Nise explicou que se referia a duas questões separadas: a vacina relacionada com a prevenção e o tratamento precoce para pessoas já infectadas. “Eu considero que sim, são situações semelhantes: uma é a prevenção, e o tratamento é tratamento”, declarou.

O presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), reagiu às afirmações da médica e pediu para quem assistia à CPI “desconsiderar o que ela está dizendo”. Alvo da operação “Maus Caminhos”, deflagrada em 2016 pelo Ministério Público Federal (MPF), Omar Aziz é investigado por desvios na Saúde quando foi governador do Amazonas (entre 2011 e 2014). O presidente da CPI da Covid-19 já foi investigado até por pedofilia.

“Quem está nos vendo nesse momento, eu peço que desconsidere essas questões que ela disse aqui em relação à vacina. Desconsidere o que está dizendo em relação a vacinas. Ela não está certa. Quem está nos vendo, não acredite nela. Tem que vacinar. A vacina salva. Tratamento precoce não salva”, bradou. Yamaguchi é médica oncologista e imunologista com mais de 40 anos de experiência.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: